Salvador | Bahia | Brasilcontato@livrepouso.com.br

O mistério de Amelia Earhart

Post 16 of 25

Das figuras mais representativas da história da aviação, não podemos deixar de citar Amelia Mary Earhart. Amélia , dentre outros importantes feitos, foi a primeira mulher na história a voar  sobre o oceano Atlântico em 1928. Defensora dos direitos das mulheres, ativista e sobre tudo apaixonada pelo novo mundo da aviação ela ajudou bastante o desenvolvimento da aviação norte americana.

A história de Amelia na aviação remete a 1920, quando em uma visita a um campo de pouso,ela pela primeira vez sentiu a emoção de voar. A partir daí a aviadora, mesmo sofrendo forte preconceito, começou a trilhar seu caminho na aviação, quebrando vários recordes inclusive recordes de antigos aviadores experientes. Amélia foi a décima sexta mulher a obter a licença de piloto pela FAI.

03212012_AmeliaEarhartPilotsLicense_600

 

Voo sobre o Atlântico

Após a obtenção da carteira, Earhart enfrentou inúmeros problemas financeiros, de saúde e pessoais. Porém em 1928, a grande façanha da sua vida estava por vir. Amélia foi convidada por outra experiente pilota americana para cruzar o Atlântico, pilotando um Fokker F.VIIb. O voo partiu de Terra Nova, Canadá em direção ao País de Gales e teve uma duração de 20 horas e 40 minutos. Esse feito elevou Earhart ao patamar de celebridade, recebendo inúmeros prêmios e reconhecimento.

 

Recordes

Dentre os diversos recordes por ela quebrados, podemos destacar alguns: Recorde mundial de altitude feminino: 14.000 ft, (1922) Primeira mulher a voar sobre o Atlântico, Primeira mulher a voar num autogiro ,primeria pessoa a cruzar os EUA num autogiro, primeira pessoa a voar solo sobre o Atlântico duas vezes, etc.

 

Último voo

Em 2 de julho de 1937 , numa tentativa de dar a volta ao mundo Amélia e seu copiloto sumiram no oceano Pacífico. A rota era entre Nova Guiné e à ilha Howland. Antigamente sem dispor de avançados métodos de navegação, os pilotos contavam com navios próximos a ilha que emitiriam sinais de rádio para orientar a aeronave. Os tripulantes do navio conseguiam ouvir as transmissões de Earhart, porém ficava claro que ela não recebia as instruções passadas pelo navio. Eles tentaram sinalizar com sinais de fumaça que supostamente não foram avistados pelos pilotos do Electra. Com o pouco combustível que sobrara, e no meio de uma tempestade, exatamente 08:43h foi feita a última transmissão, 1 hora após a primeira.
A aeronave então foi dada como desaparecida e uma hora após a ultima transmissão iniciou-se a busca, sem resultados. O mistério ficou no ar, um prato cheio para o surgimento de inúmeras teorias.EARHART - MAP2

Controvérsias

A teoria mais aceita é a de que a aeronave simplesmente por falta de combustível, caiu no mar e ambos pilotos morreram com a queda. Entretanto após inúmeras buscas com equipamentos modernos nada foi encontrado. Expedições de diversos países tentam localizar a aeronave a mais de 76 anos. Sem dúvidas é um grande mistério, que outras teorias tentam explicar.

Existe também a teoria de que o voo prosseguiu para a ilha de Gardner 350 milhas afastada do destino. Essa teoria tem embasamento arqueológico pois foi encontrado ossos de uma mulher, um sexante e diversos artefatos que se assemelham a sapatos, roupas usadas por Amélia em seus voos. Na época, cientistas afirmaram que a ossada era de um homem porém, em 1988 após novos testes, descobriu-se que eram ossos de uma mulher alta. Para gerar ainda mais controvérsia os ossos simplesmente sumiram.

Outra curiosa teoria é a de que Amélia, teria sobrevivido ao acidente e por qualquer motivo teria trocado de identidade. Essa teoria afirma que Irene Bolam, banqueira nova iorquina, era na verdade Earhart. Diversos estudos foram feitos e atestaram as diferenças entre ambas, porém ainda hoje existem pessoas que acreditam nessa teoria.

Muitos pilotos da época afirmaram que ela não era tão capacitada como ficou registrado na história. De fato ela revolucionou a história da aviação. O que temos a certeza é que ela sem dúvida alguma foi, e continua sendo um ícone não só para as mulheres, mas sim para todos os aviadores de um modo geral.

Nós recomendamos para os que tiverem interesse o filme da FOX que retrata a vida de Amelia:

amelia-2009_poster

, , , , , ,

Este artigo foi escrito por Lucas Nobre

Estudante de Ciências Aeronáuticas e cofundador do site Livre Pouso. Você pode seguir Lucas no facebook e no twitter

7 comentário:

Caio Balthazar9 de abril de 2013 at 8:32Responder

Excelente matéria

Lucas Nobre9 de abril de 2013 at 11:56Responder

Agradecemos sua visita. Muito mais estar por vir!

James Francis9 de abril de 2013 at 21:56Responder

Amelia Earhart is very important for the American aviation, very good story. Congratulations!
Aircraft Commander
James Francis

James Francis9 de abril de 2013 at 21:58Responder

Amelia Earhart is very important for the American aviation, very good story. Congratulations!
Commander aircraft
James Francis

Lucas Nobre9 de abril de 2013 at 22:03Responder

Thanks sir, always a pleasure to recive foreign visitors. Hope you come back!

Pamela Bittencurt10 de abril de 2013 at 16:47Responder

Olá, tenho 22 anos e estou concluindo as horas de PC aqui em Florianópolis. Muito bom o site, excelente texto! Amélia foi muito importante para a aviação.

Att,

Pamela B.

Lucas Nobre10 de abril de 2013 at 18:55Responder

Primeiramente Boa noite e obrigado pela visita. De fato, sem Amelia, provavelmente o ingresso da mulher na aviação se realizaria muito mais tarde. Ela superou muitos veteranos de guerra e conseguiu colocar a a figura da mulher em destaque na aviação. Obrigado mais uma vez, boa noite!

Menu
%d blogueiros gostam disto: