Salvador | Bahia | Brasilcontato@livrepouso.com.br

Tablets, e-readers e notebooks serão permitidos

Post 18 of 25

aparelhos eletrônicos no vooO órgão federal que cuida da aviação civil nos Estados Unidos está trabalhando para anunciar uma novidade bastante cômoda para seu passageiros. A novidade consiste em liberar aparelhos eletrônicos de forma plena nos vôos, não sendo necessário desligar os mesmos nos momentos de decolagem e pouso. Mas os telefones celulares não serão inclusos na liberação. A liberação irá atingir notebooks, tablets e e-readers, e deixara de fora os smartphones.

A informação foi passada ao New York Times por fontes da Federal Aviation Administration (FAA), segundo as quais bastará colocar os dispositivos em “modo avião”.

Essas fontes disseram que a FAA (Federal Aviation Administration) está sob grande pressão para parar de barrar o uso dos aparelhos ou, então, apresentar provas científicas concretas de que eles prejudicam a experiência de voo.

Apesar das proibições ao público, a FAA tem algumas brechas curiosas, como o fato de que iPads são permitidos como manuais de voo e aos comissários de bordo, como instrumento para conferência dos procedimentos de voo.

“Então não há problemas em ter iPads no cockpit, é OK para assistentes de voo – e eles não estão em pânico – mas ainda não está OK para o público que viaja”, criticou, em entrevista ao New York Times, a senadora Claire McCaskill, que pretende transformar as novas regras em lei, para garantir que não haja retrocesso.

E você, qual a sua opinião sobre o uso de eletrônicos em aviões? Acredita que este tipo de proibição faça realmente sentido ou será que o uso destes aparelhos durante o voo pode causar interferências nos equipamentos da aeronave chegando a levar o avião a cair?

, , , , ,

Este artigo foi escrito por Rangel

Web designer, sócio fundador da Ciberconecta. Cursando Bacharel em Ciências Aeronáuticas com habilitação para piloto comercial. Co-fundador do Livre Pouso. Saiba mais em FanPage ou seguí-lo no twittter.

2 comentário:

Ricardo Ezequiel10 de abril de 2013 at 16:49Responder

Infelizmente a ANAC ainda não liberou 100%. Belo site! Abraços Ricardo

Rangel Andrade11 de abril de 2013 at 23:32Responder

Obrigado pelo seu comentário Ricardo. Bem vindo ao nosso site!

Menu
%d blogueiros gostam disto: